menu
Topo
Mayumi Sato

Mayumi Sato

Categorias

Histórico

Por que você deveria começar a usar um vibrador?

Universa

05/07/2018 05h00

(Crédito: Getty Images)

Por que não presentear seu mozão (ou se presentear) com um vibrador? O uso de vibradores para muita gente ainda é um grande tabu, mas a verdade é que não é preciso estar sozinha(o) ou insatisfeito com a vida sexual para trazer esse brinquedo para a sua rotina.

Uma pesquisa do e-commerce de produtos eróticos Aquelas Coisas mostrou que o vibrador é o produto mais vendido do setor erótico entre os brasileiros. Se você nunca usou um, saiba que há boas chances de descobrir novas sensações e ter ótimos orgasmos individualmente ou acompanhada(o).

Veja também

É estimado que cerca de 27% das mulheres tenham um vibrador, de acordo com uma pesquisa da empresa Durex com mulheres de 41 países. O produto pode ser um ótimo aliado para ajudar mulheres a descobrir suas zonas erógenas, ritmo e intensidade que lhes dão mais prazer, e também para diversificar a relação sexual com um parceiro(a).

As opções de tamanho, funções, texturas e preços são quase infinitos. Um estudo publicado no Sexual and Relationship Therapy traz diferentes fatores a se considerar na hora de escolher um vibrador.

O que você quer que o vibrador realmente faça? Hoje há produtos desenhados especificamente para o estímulo do clitóris (conhecidos como bullets), penetração vaginal ou anal, por exemplo. Outros trazem todas estas funções combinadas e podem ser usados por casais.

Para as mulheres que já tiveram dores genitais ou pélvicas em relações sexuais, uma boa pedida pode ser um vibrador com tamanho menor. Já quem curte sexo anal pode escolher um vibrador com uma base mais larga ou cordão no final para ter mais segurança.

No Brasil, os vibradores de maior sucesso são aqueles clássicos com formato fálico. Segundo o site Aquelas Coisas, 33% das pessoas procuram vibradores com tamanho entre 16 e 18,5 cm. Em segundo lugar, os brasileiros procuram por estimuladores "diferentões" e ergonômicos, como vibradores clitorianos, calcinhas vibratórias e vibradores duplos, que servem para casais.

Se você é nova(o) no mundo dos vibradores e ainda não descobriu o que mais te agrada, vale se jogar em um modelo versátil com diferentes intensidades e velocidades, e então aos poucos ir testando outras opções até chegar no que mais te faz feliz.

É importante lembrar que vibradores podem ser usados tanto por mulheres como por homens, sem vergonha e sem culpa. Os brinquedos sexuais estão aí para nos ajudar a chegar lá de forma segura, não é mesmo?

Quer saber mais? Dá uma olhada nesses vídeos com mais dicas pra você:

Sobre a autora

Mayumi Sato é meio de exatas, meio de humanas. Pesquisadora e diretora de marketing do Sexlog quer ressignificar a relação das pessoas com o sexo e, para isso, acredita que é preciso colocar a mão na massa, o que inclui decodificar o comportamento humano. Ao longo dos anos, estudando e trabalhando com o mercado adulto, passou a fazer parte de uma rede de mulheres interessadas e ativistas no assunto, por isso sabe que não está – não estamos – só. Idealizadora do cínicas (www.cinicas.com.br) e feminista sex-positive.

Sobre o blog

Dados e pesquisas sobre sexo e o comportamento dos brasileiros entre quatro paredes. Muita informação, tendências, dados – e experiências próprias! - sobre o assunto. Um espaço para desafiar tabus e moralismos em torno do sexo.