PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Coisas que você aprendeu sobre casais que praticam swing e não são verdade!

Universa

21/06/2020 04h00

Photo by Jasmine Carter from Pexels

O perigo de assumirmos que há só um modelo ideal de casamento capaz de tornar o casal plenamente completo e feliz, é invisibilizar outras possibilidades de união que, fora da lógica monogamia, podem ser igualmente plenas e felizes.

Uma é melhor que a outra? Certamente que não. Mas é possível encontrar casais felizes e infelizes, mais ou menos insatisfeitos, seguros e inseguros dentro da monogamia e da não-monogamia? Com certeza sim!

Ou seja: não há aqui uma defesa de um lado ou de outro, apenas a constatação de que diferentes escolhas são uma realidade e devem ser encaradas com respeito e naturalidade. Dito isso, a fim de reconhecer que por não discutirmos outros tipos de relação acabamos assumindo boatos como regra, fui conversar com dois casais não monogâmicos para descobrir quais são os mentiras ditas sobre relacionamentos liberais:

Dessa vez conversei com dois casais, Camila e Edgar, juntos há 13 anos e casados há 8 anos, e Marina e Márcio, casados há 20 anos e há 13 fazendo parte do meio liberal. Segundo eles, os maiores mitos são:

  • Eles vivem relacionamentos sem regras: "É comum acharem que vivemos uma relação onde tudo é permitido. Nós liberais, além de fazermos tudo em consenso dentro do nosso relacionamento, temos regras muito bem estabelecidas. Antes de qualquer aventura, conversamos e buscamos o entendimento daquilo que será bom para ambos." explica Camila
  • Eles não sentem o mesmo amor, como casal e como família: o que é, além de um grande mito, uma injustiça. Estamos falando de relações sólidas que, independente de sua longevidade, são baseadas em amor, cumplicidade e aprendizado como em qualquer outra. Quando há filhos envolvidos, nada muda em relação às famílias "convencionais".
  • Acreditar que estamos imunes a períodos de baixa libido e pouco sexo: "Assim como um casal conservador, liberais têm problemas, tarefas e desafios como qualquer outro casal; não passamos o dia todo pensando em sexo. O sexo amadureceu e se tornou uma das ferramentas de sucesso do relacionamento e, quando acontece, geralmente é intenso e sem tabus dentro do limite de cada casal. Um casal liberal não tem o sexo como pilar da relação, mas a confiança diária em dividir tudo, inclusive as fantasias." comenta Edgar
  • São casais exibicionistas, que gostam de chamar a atenção: o que nem sempre é verdade. Assim como há casais tradicionais que são naturalmente expansivos, há aqueles no meio liberal que têm um estilo mais contido, reservado, o que não os impede de se divertirem entre quatro paredes e com mais pessoas envolvidas.

Por fim, adiciono aqui o meu pitaco: o grande mito do casal liberal é de que é possível identifica-los só de olhar. Quer saber? Não caia nessa ilusão. Você, com certeza, convive com casais assim e não se dá conta e provavelmente nunca dará. A verdade é que ninguém precisa se expor (só se tiver vontade), mas o segredo é lembrar que – apenas por essa pequena diferença, um detalhe íntimo – somos todos essencialmente iguais.

Me conta se você concorda com esses mitos e verdades sobre os casais!

Sobre a autora

Mayumi Sato é meio de exatas, meio de humanas. Pesquisadora e diretora de marketing do Sexlog quer ressignificar a relação das pessoas com o sexo e, para isso, acredita que é preciso colocar a mão na massa, o que inclui decodificar o comportamento humano. Ao longo dos anos, estudando e trabalhando com o mercado adulto, passou a fazer parte de uma rede de mulheres interessadas e ativistas no assunto, por isso sabe que não está – não estamos – só. Idealizadora do cínicas (www.cinicas.com.br) e feminista sex-positive.

Sobre o blog

Dados e pesquisas sobre sexo e o comportamento dos brasileiros entre quatro paredes. Muita informação, tendências, dados – e experiências próprias! - sobre o assunto. Um espaço para desafiar tabus e moralismos em torno do sexo.

Mayumi Sato