PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Brasileiros planejam realizar novas fantasias sexuais depois da pandemia

Universa

24/05/2020 04h00

Photo by cottonbro from Pexels

Chega uma hora em que a gente cansa de pensar em pandemia, isolamento social e nas relações que hoje dependem única e exclusivamente de contato online. Cansa, mas não tem jeito: por enquanto só nos resta aguardar.

Se por um lado nos sentimos fisicamente limitados, por outro a imaginação começa a ir cada vez mais longe.

Eu, que não costumo ter sonhos apimentados durante a noite, tenho acordado surpresa com o poder do meu inconsciente. São histórias envolvendo gente que não vejo há anos e fantasias que eu jamais cogitei realizar. Mas que agora nem parecem tão malucas assim.

veja também

Pensando nisso, fui conversar com um pessoal pra entender quais são os desejos mais ardentes que – na situação atual – têm vindo à tona e entraram no planejamento pós-pandemia.

1.026 pessoas responderam a essa pesquisa e o resultado foi o seguinte:

A maior parte, 59%, deseja realizar um menage! Como mais da metade dos respondentes está num relacionamento, trata-se de um plano feito em conjunto pelo casal (o que é uma sorte grande para o/as solteiro/as de plantão)!

Em seguida vem o desejo de conhecer alguém em um aplicativo e transar na mesma noite. São pessoas que não largaram os apps de encontro mesmo sem sair de casa, pois encaram as atividades por lá como um "investimento futuro". Muito espertinhos, pois resolvem o tédio imediato e garantem diversão para quando tudo isso acabar

Na sequência vemos respostas como: ir a uma casa de swing, transar com pessoas olhando, no mesmo ambiente, e transar em locais públicos. Desejos um pouco mais ousados e que dependerão de alguma dose de coragem!

Aproveitei para perguntar e entender o por quê de terem escolhido essas fantasias e essas foram algumas das respostas:

"São coisas que ainda não realizei e agora tenho ainda mais pressa para testar" – C.

"Queremos tirar o atraso…ta fazendo falta transar com mais de um homem. Quero ser possuída por dois ou mais" – S. e C., casal

"Por que estamos há mais de um mês sem brincar fora de casa!!", M. e D, casal

"Só de voltar a transar já estarei contente." L.

"Precisamos satisfazer o que não se pode curtir na quarentena….sexo a dois aqui não falta, mas esse diferente agora ficou longe…." J. e L., casal

"Menage pq adoro fazer, local público pq é uma fantasia que faz tempo q ñ realizo e orgia para extravasar e compensar esse tempo todo de molho rsrs" S.

E você, quais fantasias o isolamento tem despertado? Planeja experimentar algo novo quando isso tudo passar? Deixe sua opinião nos comentários!

Sobre a autora

Mayumi Sato é meio de exatas, meio de humanas. Pesquisadora e diretora de marketing do Sexlog quer ressignificar a relação das pessoas com o sexo e, para isso, acredita que é preciso colocar a mão na massa, o que inclui decodificar o comportamento humano. Ao longo dos anos, estudando e trabalhando com o mercado adulto, passou a fazer parte de uma rede de mulheres interessadas e ativistas no assunto, por isso sabe que não está – não estamos – só. Idealizadora do cínicas (www.cinicas.com.br) e feminista sex-positive.

Sobre o blog

Dados e pesquisas sobre sexo e o comportamento dos brasileiros entre quatro paredes. Muita informação, tendências, dados – e experiências próprias! - sobre o assunto. Um espaço para desafiar tabus e moralismos em torno do sexo.

Mayumi Sato