PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Dicas de contos eróticos para ler em tempos de isolamento social

Universa

05/04/2020 04h00

Photo by Siora Photography on Unsplash

A primeira vez que me deparei com um conto erótico foi numa dessas revistas ditas femininas que, sob o pretexto de dar voz às leitoras, publicava histórias enviadas por mulheres que narravam, com uma grande riqueza de detalhes, suas fantasias e transas mais quentes!

Desde então, para mim, essa se tornou a maior fonte de inspiração para curar insônias e me ajudar em casa em dias de stress.

Veja também

Pois é agora, durante a quarentena, que eu acabei retomando esse hábito de ler – e ás vezes também escrever – sobre tudo aquilo que por enquanto o isolamento social não nos permite colocar em prática. Ainda bem que para a imaginação e a criatividade não há limites!

Dias desses me perguntei se sou só eu que ainda gosto dos contos, já que hoje temos tanto pornografia e material mais explícito ao alcance de um clique, mas a verdade é que logo percebi que esse é o tipo de conteúdo que ainda faz muito sucesso por aí:

No Google trends, uma página do Google que mostra a relevância para palavras e expressões em seu sistema de busca, o termo "Contos Eróticos" aparece numa crescente, desde 2017. E um pico de dezembro de 2019 a janeiro desse ano também surpreende!

Pra quem também gosta, resolvi compartilhar alguns links com MUITO entretenimento:

  • Revista Sexlog: onde publico alguns contos que eu mesma escrevo e outros enviados por casais, mulheres e homens relatando seus encontros reais!
  • Blog do Ysos App: o blog do aplicativo Ysos também traz relatos reais e o mais legal é que alguns fetiches não tão comuns aparecem nos contos de um jeito bem natural
  • Blog do Voluptas: não é uma página só de contos, mas também de relatos sobre o dia a dia de um casal de swing que tem uma sociedade secreta liberal, vale a visita!
  • Blog Marina e Márcio –  Esse também é um casal liberal, famoso no meio do swing, que tem muita história boa pra contar. Experiência picante ali é o que não falta!

E você, gosta de ler ou escrever contos? Deixa o link para o seu blog nos comentários, vou adorar dar uma olhadinha 🙂

Sobre a autora

Mayumi Sato é meio de exatas, meio de humanas. Pesquisadora e diretora de marketing do Sexlog quer ressignificar a relação das pessoas com o sexo e, para isso, acredita que é preciso colocar a mão na massa, o que inclui decodificar o comportamento humano. Ao longo dos anos, estudando e trabalhando com o mercado adulto, passou a fazer parte de uma rede de mulheres interessadas e ativistas no assunto, por isso sabe que não está – não estamos – só. Idealizadora do cínicas (www.cinicas.com.br) e feminista sex-positive.

Sobre o blog

Dados e pesquisas sobre sexo e o comportamento dos brasileiros entre quatro paredes. Muita informação, tendências, dados – e experiências próprias! - sobre o assunto. Um espaço para desafiar tabus e moralismos em torno do sexo.

Mayumi Sato