Topo
Mayumi Sato

Mayumi Sato

Categorias

Histórico

Maconha pode melhorar o orgasmo das mulheres?

Universa

09/06/2019 04h10

(Foto: iStock)

Pesquisas relacionadas a drogas recreativas e sexo costumam avaliar o impacto negativo dessas substâncias no desempenho carnal. Poucas delas analisam os benefícios. Uma pesquisa recente, no entanto, realizada na Faculdade de Medicina da Universidade de Saint Louis, nos Estados Unidos, e publicada na revista Sexual Medicine, olhou para os benefícios da maconha no corpo feminino. E as descobertas são interessantes…

O estudo registrou que mulheres que consumiram maconha antes de transar relataram mais facilidade para chegar ao orgasmo. Além disso, elas também disseram ter sentido aumento da libido e diminuição da dor durante as relações sexuais.

Essa pesquisa, coordenada pela cientista e ginecologista Becky Lynn, é considerada a maior e mais abrangente análise a respeito da relação entre a maconha e sexo. 

Apesar dos resultados, ainda são necessários estudos mais aprofundados para comprovar todos os benefícios da cannabis no desempenho sexual não só de mulheres, mas de pessoas em geral. Alguns pesquisadores acreditam que a melhoria no orgasmo feminino pode vir do relaxamento provocado pela maconha. E você, o que acha?

Na dúvida, aprenda um pouco mais sobre orgasmo no vídeo abaixo:

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Mayumi Sato é meio de exatas, meio de humanas. Pesquisadora e diretora de marketing do Sexlog quer ressignificar a relação das pessoas com o sexo e, para isso, acredita que é preciso colocar a mão na massa, o que inclui decodificar o comportamento humano. Ao longo dos anos, estudando e trabalhando com o mercado adulto, passou a fazer parte de uma rede de mulheres interessadas e ativistas no assunto, por isso sabe que não está – não estamos – só. Idealizadora do cínicas (www.cinicas.com.br) e feminista sex-positive.

Sobre o blog

Dados e pesquisas sobre sexo e o comportamento dos brasileiros entre quatro paredes. Muita informação, tendências, dados – e experiências próprias! - sobre o assunto. Um espaço para desafiar tabus e moralismos em torno do sexo.