Topo
Mayumi Sato

Mayumi Sato

Categorias

Histórico

Mulheres consomem mais pornografia e questionam conteúdo erótico

Mayumi Sato

28/05/2018 05h00

De acordo com uma pesquisa do PornHub, em 2017 a busca por "Pornô para Mulheres" cresceu mais de 1.400%.

Outro dado interessante da pesquisa é que, por três anos seguidos, o termo lésbica tem sido o mais buscado no PornHub.

Ainda que não ignoremos o fato de que mulheres lésbicas são amplamente fetichizadas por uma cultura machista e heteronormativa, também é possível relacionar essas duas informações. E supor que a pornografia lésbica, em meio a produções mainstream, é algo que se aproxima de desejos e da sexualidade feminina.

Em outra pesquisa do PornHub, os dados mostraram que 80% do tráfego de pornografia no celular ou aparelhos móveis vem de mulheres, cerca de 10% mais do que o tráfego de homens. Deste número, 78% das mulheres estão entre 18 e 34 anos.

Além da busca por conteúdo que represente um pouco as mulheres, vivemos uma quebra de paradigma em torno do ato de assistir pornografia: estamos não só assumindo que assistimos, como estamos questionando o que é produzido e procurando por alternativas.

Portanto, não existe mais essa de achar que pornô não é para mim ou para você. É para todas nós, e para quem mais quiser. E assistir produções alternativas, algumas delas nacionais, também é um bom meio de incentivar mulheres que têm ousado criar algo de diferente pra nos deixar excitadas.

Já falei sobre isso em um outro post 😉 Divirta-se!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a autora

Mayumi Sato é meio de exatas, meio de humanas. Pesquisadora e diretora de marketing do Sexlog quer ressignificar a relação das pessoas com o sexo e, para isso, acredita que é preciso colocar a mão na massa, o que inclui decodificar o comportamento humano. Ao longo dos anos, estudando e trabalhando com o mercado adulto, passou a fazer parte de uma rede de mulheres interessadas e ativistas no assunto, por isso sabe que não está – não estamos – só. Idealizadora do cínicas (www.cinicas.com.br) e feminista sex-positive.

Sobre o blog

Dados e pesquisas sobre sexo e o comportamento dos brasileiros entre quatro paredes. Muita informação, tendências, dados – e experiências próprias! - sobre o assunto. Um espaço para desafiar tabus e moralismos em torno do sexo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mayumi Sato